Dez Razões Pra Ouvir – GRAM

A coluna DEZ RAZÕES PRA OUVIR era publicada no já extinto site ‘Mundo Rock.net’. O primeiro texto para esta coluna foi sobre a banda Gram.

(22/04/2007)

Dez Razões pra Ouvir – GRAM!

gram-gram

Apresentação:

A coluna “Dez Razões pra Ouvir!” foi idealizada com o intuito de levar um pouquinho da história de bandas, nacionais e internacionais, alternativas ou não para o público Mundo Rock em geral, que curte conhecer bandas novas ou bandas já consagradas do Rock mundial. É também uma forma de incentivo, já que são dadas dez razões pra convencer a turma de que se deve mesmo ouvir uma ou outra banda apresentada, despertando a curiosidade do público.

Curiosos, roqueiros e aficionados da boa música, esperamos que façam desse espaço um novo ponto pra pesquisas de novas ou velhas grandes bandas. Sugestões para novas bandas, sempre serão bem-vindas. A biografia rock de cada banda será aqui apresentada de forma divertida e entusiasta, para que você, leitor Mundo Rock, sinta-se à vontade. E agora vamos lá! Você não tem mais desculpas! Dez Razões Pra Ouvir já! E o Mundo Rock é todo seu!

DEZ RAZÕES PARA OUVIR GRAM


E olha só. Uma banda que surgiu do cenário independente do rock nacional, chegou e estourou na MTV. O clipe de “Você Pode Ir na Janela”, carro-chefe do primeiro CD desses cinco meninos paulistas – Sérgio Guilherme Filho (guitarra, voz e piano), Marcello Pagotto (voz, baixo e sintetizador), Luiz Ribalta (voz e guitarra), Marco Loschiavo (guitarra) e Fernando Falvo (bateria), um desenho emocionante e trágico, fez a galera prestar um pouquinho de atenção na sonoridade desses garotos. Se você ainda não se convenceu, abaixo, dez razões pra você começar agora a ouvir GRAM!

1- As influências: A banda se inspira nas canções imortais dos Beatles (o que já é um grande referencial) além de várias outras bandas britânicas, como Coldplay, Radiohead, Oasis e Placebo. Epa! Eles merecem atenção não?

2- A sonoridade: Basta escutar um pouquinho de “Sonho Bom”, a segunda faixa do primeiro álbum da banda, pra perceber que os antigos meninos do Mosva (primeira banda deles, cantando somente em inglês) se arranjam muito bem com o que tocam. E que maravilha esse piano! Dá-lhe Sérgio!

3- A coragem de mudar: A idéia de cantar em inglês, adotada pela grande parte das bandas independentes, não deu certo com o Gram. No dia em que o Sérgio percebeu que cantar em inglês não dava certo (“Não adianta fazer música em inglês aqui”) é que a banda começou a acontecer. Tanto é que hoje só “Moonshine” aparece, como sombra do que foi o começo dos caras.

4- A criatividade: Acredite se quiser. Mais o clipe “Você pode ir na Janela” foi totalmente desenhado por Sérgio Filho, (isso mesmo!! Ele DESENHOU tudo!) usando duas canetas “BIC” pretas e 500 folhas de sulfite! Mágico não? A capa do CD, uma mistura de fotos, rabiscos e desenhos, também fez todo um “sucesso cor de laranja”, que virou uma marca da banda.

5- As letras: Se você quiser dizer para aquele seu ex-namorado bobo que ele é um egoísta, sem falar tudo, ofereça “Seu Troféu” a ele. Já se quiser fazer uma declaração de amor bonitinha, “Sonho Bom” é a pedida. Ainda, pra você, que ama uma reflexão, “É a vida” vai te fazer gritar por aí o sonoro e retumbante “PORQUE O MUNDO É ASSIM?”. “Antes do Fim” já do novo trabalho da banda, trás aquele sentimento de agonia e ao mesmo tempo de tranqüilidade, e “Seu minuto, meu segundo” que dá nome ao novo trabalho vem com toda a força pra fazer você pensar no que ganha e no que perde a cada instante de sua vida. Com a influência dos cariocas dos “Los Hermanos” Sérgio Filho e cia. conseguiram reunir letras maravilhosas dois em álbuns encantadores. É um sopro leve aos ouvidos.

6- A qualidade: Nem todas as bandas independentes lançadas no mercado têm a validade sonora do GRAM. A influência Beatlemaniaca do antigo Mosva rendeu aos meninos até um CD lançado na Inglaterra, em Liverpool. Isso mesmo, os caras chegaram a lançar um CD no Caverna Club, lendário bar onde os Beatles fizeram várias apresentações. Mais calma, eu explico. É que o Mosva participou de um concurso, cujo prêmio seria lançar um CD em Liverpool e adivinha quem ganhou? Isso mesmo!!! Os futuros meninos do Gram já davam sinais de que vieram pra ficar. Qualidade é o que não falta!

7- O reconhecimento: Depois de muito trabalho e luta, o Gram fechou em 2004, contrato com a Deckdisc, e viram a aposta independente da gravadora (Aos moldes da BGI lançando o “Dibob” e da EMI lançando o “emo.- leia-se emo ponto -“).

8- A rapidez: Quase inacreditável, mais o álbum “Gram”, foi produzido em quatro meses de composição e uma semana de estúdio, sendo finalizado em janeiro de 2003. Todos os arranjos têm a assinatura da banda. E ficou muito bacana!

9- A força de vontade: Hoje já estourando nas paradas com o novo álbum, o Gram mostra que a força, a vontade e a fé são sim os seus símbolos. Depois de um primeiro trabalho maravilhoso, os caras, sem o menor senso de acomodação, lançam “Seu minuto, meu segundo” novo trabalho, e estouram nas rádios com o novo som. E não importa onde estiverem, o quinteto paulista vai dar o melhor de si. E conseguir, como almejam, entrar para a história do rock nacional. E estão chegando lá. O lançamento do novo álbum “Seu minuto, meu segundo” e a estonteante “Antes do Fim” já estourando nas rádios, mostram que eles realmente sabem o que querem.

10- A energia: Se você está pensando que o poder do Gram se concentra exclusivamente em estúdio, meu querido leitor, ledo engano. A força Gram é símbolo dos shows da banda também, carregados de energia e competência. Os fãs dizem que os caras são tão bons em estúdio quanto ao vivo. E, de verdade, vale a pena conferir.

Se você ainda não se convenceu, ou não vê a hora de conhecer o som do Gram, o meu único meio é deixar o site, pra que você corra e visite agora mesmo: http://www.gramaovivo.com.br/index_pop.php .

E viva a banda do gatinho!

Publicado originalmente no site MundoRock.net em abril de 2007

Anúncios

2 comentários em “Dez Razões Pra Ouvir – GRAM

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s