People can´t understand…

O valor que eu dou para pequenos detalhes…

Para caminhadas. Para conversas. Para silêncios

O que eu sinto quando eu vou dormir

E o que me falta sentir

O que meus olhos querem dizer

E o que as palavras não dizem

As pessoas não conseguem entender…

 

O valor que eu dou a cada ser humano

E o que eu acho que cada um é capaz

O amor que eu posso sentir por nada

Por alguém, por algo, por quem vai

As coisas que eu penso que seria melhor deixar levar

E aquelas que eu não consigo deixar partir

A velocidade que percebo

E que não vale, não cabe, não vem

As pessoas não conseguem entender…

 

A importância que alguns têm pra mim

E a forma como quero aproximá-los

A relevância que a vida lhes fez ter

E a dor de ter que afastá-los

As consequências de pensar e fazer crer

As dificuldades para respirar

As pessoas não conseguem entender…

 

É por essa falta de tradução que a alma criativa voa

Limpa, só, pura e boa

Pelos campos, estradas, avenidas e rodovias

Pousa em árvores, colhe flores,

Faz registros e fotografias

Mas não pode se fazer acompanhar

Pois se trava, se faz presa, se quer ver refém

E sua criatividade vai embora

Sua vida se transforma na de outrem

 

As pessoas não conseguem entender

Nem traduzir, nem tentar

É mais fácil deixar partir, deixar voar, deixar pra lá

As pessoas não tentam entender

Não tentam explicar

Não

Nada

Vão

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s