Avisos aos queridos leitores e seguidores…

Pessoas queridas do meu coração de melão!

Estou atualizando os marcadores e tags desse blog pra tornar essa bagaça mais organizadamente palatável. Por isso, você que tem o RSS do blog ou me segue no seu blog vai visualizar um trilhão de atualizações do “Blog da Rakky” ao mesmo tempo. Não se assuste se isso acontecer, só tô arrumando a casa, ok?

PS 1: nenhum texto será alterado. Só vou ficar com remorso por reler essas coisas e ver tantos erros do passado.

PS 2: posso voltar mais sentimental.

PS 3: ou menos.

Anúncios

O primeiro post de 2011 e os números de 2010

É isso aê galera. Eu não tenho a menor vergonha na cara para dizer para vocês que o dia 16/1 foi a data que escolhi para postar o meu primeiro post de 2011. Para não deixar esse post tão melancólico com as razões irrefutáveis de minha ausência, vou experimentar outro tipo de melancolia: apresento agora os números do Blog da Rakky em 2010, para enchê-los de inveja ou matá-los de rir com a minha glória em cima de dados tão irrelevantes… bom, vamos lá.

Em 2010, o Blog da Rakky teve um total de 22 mil visitas!  Eu fiquei realmente muito feliz com esse número, porque não esperava que tanta gente visitasse esse blog. O número de comentários total do ano também foi bem animador, mas não chega nem perto do de visitas: 340 para o total de 595 do blog desde q ele existe.

O nível de saúde do Blog da Rakky de acordo com os duendes das estatísticas do WordPress.com é o abaixo:

Healthy blog!

O Blog-Health-o-Meter™ indica: Uau.

Números apetitosos

Imagem de destaqueUm navio de carga médio pode transportar cerca de 4.500 contentores. Este blog foi visitado 22,000 vezes em 2010. Se cada visita fosse um contentor, o seu blog enchia cerca de 5 navios.

O post mais popular do ano foi Paul McCartney no Brasil: o show mais incrível da minha vida com 195 visualizações apenas no dia em q foi postado. Eu já sabia disso, porque o Paul é foda, mas valeu WordPress por confirmar.

 

Atrações em 2010

É pessoal. Abaixo os posts mais visitados em 2010. Acho que é uma maneira legal de vocês terem um resumo do ano nesse blog, reverem alguns artigos e me cobrar coisas mais legais em 2011.

1

Paul McCartney no Brasil: o show mais incrível da minha vida novembro, 2010
15 comentários

2

Filme: Avatar – mil razões para ver fevereiro, 2010
7 comentários

3

Roacutan – efeitos positivos e negativos janeiro, 2010
15 comentários

4

Filme: UP! Altas Aventuras – mais uma obra-prima da Disney/Pixar janeiro, 2010
4 comentários

5

EU QUERO! EU VOU APRENDER MATEMÁTICA!!! janeiro, 2009
12 comentários

Tá bem podre isso né? A Rakky vai se esforçar pra fazer um blog mais decente em 2011. E essa ferramentinha do WordPress é espetacular não é? A cada dia sou uma blogueira mais satisfeita com o site e isso não é uma propaganda paga… é minha opinião mesmo!

Valeu WordPress!

Valeu pessoal. Bem vindos ao blog da Rakky 2011. Agora, muita coisa nova está por vir.

O que é que o Twitter tem?

“Um serviço de microbloggin em que um usuário posta rápidas notas e informa a seus ‘seguidores’ o que faz, pensa ou vê na hora da atualização”. Pronto. Você acaba de ler uma definição com 140 caracteres de o que é a “nem tão nova assim” sensação da Web.
O Twitter foi o primeiro site lançado especialmente para o serviço de microbloggin e vem crescendo na rede. Em pouco mais de dois anos (foi criado em 2006), o site de relacionamentos virou febre, e conta com a adesão de famosos no mundo inteiro. De acordo com a consultoria americana Compete, especializada em estatísticas para a Internet, o número de usuários saltou de 600 mil para 6 milhões em um ano. O serviço é simples: você cria uma conta, passa a postar breves atualizações e pode acompanhar amigos, familiares e astros favoritos, seguindo-os (followers).
Mas não para por aí. O Twitter tem cada vez mais servido como ferramenta de marketing, de publicidade e até tem auxiliado em coberturas jornalísticas. Não é a toa que grandes jornais brasileiros, como a @folhadesp,  rádios, como a @redecbn, revistas, como a @revistaepoca e diversos sites de conteúdo jornalístico mantêm suas contas ativas no Twitter. O serviço é tão popular que conta com a adesão de políticos, como @BarackObama (o perfil mais seguido da rede) e @Mercadante, por exemplo. Um dos últimos políticos a aderir à moda foi o governador do estado de São Paulo, @joseserra_, que depois de ter sido alvo de perfis falsos no site, descobriu a ferramenta e a cada dia se surpreende com a popularidade da rede de relacionamentos. Em seu perfil, uma das primeiras postagens mostrava que o político teve dificuldades na ambientação: “Ainda estou me acostumando com o Twitter”. Governador, você não é o único!

twitter
Outra grande marca do Twitter foi colocar o público em contato direto com o artista do qual é fã, numa relação um tanto mais próxima do que a que a rede MySpace já havia promovido. No site, o fã pode deixar comentários para o artista favorito e, obter deste uma resposta, na forma de outro comentário. No Twitter, ao seguir seu artista favorito você acompanha mais de perto os passos da carreira do astro. O microbloggin é usado por artistas e assessores de imprensa para divulgação de locais de shows, promoções para fãs e lançamento de CDs e DVDs, bem como diversas informações sobre o que o artista está fazendo, ou para onde vai, ou em que canal ou veículo de comunicação dará entrevista. A adesão  da cantora @britneyspears, do cantor @alex_band e de bandas como @ludovs e @skankoficial, pra falar da galera aqui do Brasil, têm agitado a rede nas terras tupiniquins e em todo o mundo. Promoções exclusivas para o espaço são criadas com o objetivo de aumentar o número de seguidores e os fãs, é claro, cada vez mais vão à loucura com as novidades da interação com o artista.

Mas, como toda ferramenta popular da web, o Twitter, é claro, possui seus defeitos e seus spamers. Sempre tem aquela galerinha que não tem mais o que fazer e posta coisas do tipo: “acabei de pintar a unha do meu cachorro de rosa choque!”. Não que o cachorro da criatura não merece publicidade, afinal, este deve ser um mártir do reino animal, mas, poxa vida… será que é necessário que o mundo inteiro (ou pelo menos as pessoas que te seguem) saibam de algo como isso? Acho que não. O bom senso é bem vindo na utilização de qualquer serviço da Internet, e num blog de acompanhamento tão imediato como o Twitter, mais ainda. Será que as pessoas precisam realmente saber que você não escovou os dentes e foi dormir direto? Coisas assim não precisam ser ditas, e no Twitter principalmente…

Como faço pra criar o meu perfil no Twitter?
Agora, aprenda a usar! Veja abaixo um rápido guia para criar seu perfil no Twitter e comece já a descobrir essa sensação da Web.
1. Visite o site http://www.twitter.com e clique no botão: “Get Start”;
2. Preencha o formulário com os dados solicitados e clique em “Create my account”;
3. Pra começar, você precisa ter alguém pra seguir, certo? Sempre tem alguém que seus contatos escondem e o Twitter ACHA! O serviço busca seus contatos das redes de relacionamento do Google, AOL, MSN e Yahoo;
4. A rede Twitter tem alguns perfis famosos. O Twitter mostra uma lista desses perfis, que são os mais “seguidos”, na lista “Look who else is there. Start following them!”. Você pode acompanhá-los, “followando” essa lista;
5. Após clicar no botão “Finish” estará tudo configurado e basta Twittar. “What are you doing?”

WordPress: que seja infinito enquanto dure

Escrevi o texto abaixo à pedido da professora Renata Aquino, como atividade nas aulas de Jornal Laboratório. Além de ter o texto por mim mesma publicado no blog da sala (www.unipmarques.wordpress.com) alguns sites também o publicaram. Abaixo o texto, e em seguida alguns links da publicação.

WordPress – Que seja infinito enquanto dure

Mais uma vez a justiça ameaça estender a punição aos culpados e aos inocentes. É que uma decisão judicial estuda a possibilidade de bloquear o acesso brasileiro ao WordPress, portal que fornece serviços de blog. A causa: um blog especificamente, publicou algo que não devia. O blog e a postagem não foram revelados.

O problema é simples: a internet é o meio de comunicação mais aberto que existe. Através dela todos podem expressar-se como bem queiram perante qualquer situação. Porém, esta “liberdade” está começando a mudar. Primeiro, o bloqueio temporário de acesso ao Youtube, site de postagem de vídeos, por conta do vídeo da Daniela Ciccarelli em imagens picantes, na praia, com seu namorado, em janeiro de 2006. Depois a ameaça constante ao Orkut e suas comunidades com temas relacionados à pedofilia. Não há explicação válida ou convincente para o caso. Sobre a situação do WordPress, Eduardo Parajó, presidente da ABRANET (Associação Brasileira dos Provedores de Internet) comenta: “Ordem judicial não se discute, se cumpre. Mas, como não é possível bloquear especificamente o endereço solicitado, o acesso a todos os sites com a extensão wordpress.com será impedido no Brasil”. Isto se dá por que temos o espaço apenas de ‘filiais’ destas grandes empresas, portanto, somente elas é que podem retirar as páginas com conteúdo indevido do ar. A situação se agrava ainda mais com a CPI da Pedofilia e a ameaça de bloquear o acesso ao Orkut no Brasil. Tudo isso porque o Google (segundo o Ministério Público) se recusa a abrir o banco de dados, e divulgar os nomes dos usuários que propagam a pornografia infantil e os crimes sexuais.

No fim das contas, o usuário é que sai prejudicado. Caso a decisão judicial realmente seja a de bloquear o acesso aos sites, milhares de blogs serão apagados. Seus usuários simplesmente perderão todos os seus textos, idéias, comentários… tudo jogado no lixo. E este blog, caros amigos, será mais um a ser apagado. Todo o trabalho de todas as nossas editorias será cruelmente jogado no lixo. Quanta gente trabalhando tanto tempo à toa.

Há quem diga que a censura acabou depois da ditadura. Cruel engano. A censura a cada dia se multiplica. Eis a sua nova face: o bloqueio a idéias via internet. E pra variar, no país do carnaval, ninguém faz nada pra mudar. Como diria Vinícius, “Que seja eterno enquanto dure”, blog UNIP MARQUÊS. E, pelo visto, não vai durar muito.

Colaborou: Gisele Santos

Links:

E-educador

Technorati

Yahoo! Busca Educação

Planeta Tics

WordPress – Que seja infinito enquanto dure

Mais uma vez a justiça ameaça estender a punição aos culpados e aos inocentes. É que uma decisão judicial estuda a possibilidade de bloquear o acesso brasileiro ao WordPress, portal que fornece serviços de blog. A causa: um blog especificamente, publicou algo que não devia. O blog e a postagem não foram revelados.
O problema é simples: a internet é o meio de comunicação mais aberto que existe. Através dela todos podem expressar-se como bem queiram perante qualquer situação. Porém, esta “liberdade” está começando a mudar. Primeiro, o bloqueio temporário de acesso ao Youtube, site de postagem de vídeos, por conta do vídeo da Daniela Ciccarelli em imagens picantes, na praia, com seu namorado, em janeiro de 2006. Depois a ameaça constante ao Orkut e suas comunidades com temas relacionados à pedofilia. Não há explicação válida ou convincente para o caso. Sobre a situação do WordPress, Eduardo Parajó, presidente da ABRANET (Associação Brasileira dos Provedores de Internet) comenta: “Ordem judicial não se discute, se cumpre. Mas, como não é possível bloquear especificamente o endereço solicitado, o acesso a todos os sites com a extensão wordpress.com será impedido no Brasil”. Isto se dá por que temos o espaço apenas de ‘filiais’ destas grandes empresas, portanto, somente elas é que podem retirar as páginas com conteúdo indevido do ar. A situação se agrava ainda mais com a CPI da Pedofilia e a ameaça de bloquear o acesso ao Orkut no Brasil. Tudo isso porque o Google (segundo o Ministério Público) se recusa a abrir o banco de dados, e divulgar os nomes dos usuários que propagam a pornografia infantil e os crimes sexuais.
No fim das contas, o usuário é que sai prejudicado. Caso a decisão judicial realmente seja a de bloquear o acesso aos sites, milhares de blogs serão apagados. Seus usuários simplesmente perderão todos os seus textos, idéias, comentários… tudo jogado no lixo. Quanta gente trabalhando tanto tempo à toa.
Há quem diga que a censura acabou depois da ditadura. Cruel engano. A censura a cada dia se multiplica. Eis a sua nova face: o bloqueio a idéias via internet. E pra variar, no país do carnaval, ninguém faz nada pra mudar. Como diria Vinícius, “Que seja eterno enquanto dure WordPress”. E, pelo visto, não vai durar muito.

Fontes:
Folha de S. Paulo – Decisão judicial ameaça bloquear acesso ao WordPress no Brasil

Folha de S. Paulo – Se Google não colaborar, CPI pode fechar Orkut, diz senador

G1 – Acesso a Blogs do WordPress no Brasil pode ser bloqueado

BlogueIsso! – Bloqueio do WordPress: O Brasil está se transformando no país do \”Não se discute\”

Colaborou:
Gisele Santos