A arte de escrever sem porquice!

Todos os dias, nas mais diferentes situações, todos nós nos deparamos com diferentes meios de escrotização assassinato da nossa querida e maltratada língua portuguesa. Por vezes, situações ultrajantes podem nos remeter a algum tipo primitivo de violência, como xingamentos à senhora que pariu a criatura que cometeu o crime, ameaças (por vezes infundadas) no que diz respeito à integridade física do cerumano, a sua dignidade pública ou por vezes ao mais valioso patrimônio que alguma pessoa pode ter na vida: a própria vida, é claro.

Por essa razão, e para que vocês, um ou dois amiguinhos que ainda aguentam esse blog que tá caducando de velhice e sem nenhuma moral que lêem esse blog bacana pra caramba, reservei algumas dicas para passar aos inúteis que ainda insistem em escrever errado. Não se assustem, pois vou usar um linguajar adequado para falar com esses “seres” que pode ofender vocês, mas que é a única forma garantida que se encontra para estabelecer uma comunicação funcional com essas pessoas. Vamos lá:

  • Corretor: já ouviu falar em Word, seu boçal? Então, é uma ferramenta mágica em que você pode digitar a porcaria do seu texto e conferir, antes de mandar para o mundo inteiro saber da sua ignorância, se todas as leseiras que você escreveu estão grafadas corretamente. Grafaoquê? ESCRITAS, idiota!;
  • Conhece o pai dos burros? vai tomar no olho do seu c&*$#! Se você não gosta de computador o problema não é meu e eu não tenho que ler porquice por causa disso. Você já viu um dicionário na vida? Não é só pra você procurar o significado da palavra “inteligência” que ele serve não viu? Não entendeu? F%$#
  • Paiêeeee – lê meu texto?: pode pedir pra o papai, pra mamãe, pro titio, pro vovô, pra sua irmã mais nova, pra o bêbado do bar da esquina, pra sua irmã mais nova, pra qualquer pessoa que tenha mais inteligência que você, mas, pede! É muito menos vergonhoso do que passar por estúpido na web. Na Internet, ignorante!!!
  • Google it!: pois é, o Google não serve só pra você ficar olhando putaria ou fotos dos meninos do Restart na Internet não. Se você “lançar” uma palavra errada por lá, certeza que vai aparecer algum anjo da guarda pra te dar um tapa na fuça pra te dizer que aquilo tá errado pra te dizer que você é um merda;

  • Se mata: eu fiz minha parte, porque você não faz a sua?
De verdade, não há mais desculpas para se escrever errado por aí. A forma como você se expressa, virtualmente inclusive, diz muito sobre quem você é, sua personalidade e valores. E ninguém quer ficar conhecido como um mané que não sabe escrever direito né? Eu acho que não!
Anúncios

Paul e os Beatles na campanha “Make Music Matters”

Aí eu acordo, me arrumo, vou correndo pra o trabalho. Até aí, super normal. Começo a ver meus twitts no percurso e lá está o Paul McCartney divulgando uma nova campanha da qual os Beatles estão participando. É a “Make Music Matters” que, pelo que entendi (ok guys, ainda estou no Intermediate II do curso de inglês)  tem por objetivo conscientizar as pessoas sobre o valor da música em nossas vidas e para o artista, bem como divulgar locais onde se pode fazer o download gratuito de canções. A ideia é apoiar os músicos que a gente ama, cuidando deles e de suas músicas e só fazendo o download de materiais em sites com essa bandeira.

Eu achei a iniciativa super legal, mas tenho dúvidas se vai ou não colar. De qualquer forma, para saber mais sobre o projeto (e entender melhor, porque alguns termos usados lá são grego pra mim) é só acessar http://www.whymusicmatters.org. Tem vídeos sobre os artistas que já aderiram à campanha também e um monte de coisinhas legais!

Rakky Não Recomenda: atendimento e serviços 3G da Claro (Parte III e final)

Essa história começou aqui e teve sua continuação aqui.

No dia 6/6 fui a uma loja da Claro. Lá fui atendida por um mocinho que escutou toda a minha reclamação, analisou o meu contrato e disse “Nossa, você recebeu um contrato de pré-pago que nem é mais o que a gente usa!” (bacanas pra caramba vcs hein povo da Televendas da Claro?). Scaneou o contrato, relatou minha reclamação e me deu um protocolo de encerramento. Disse que até 8/6 às 22h eu teria uma resposta (detalhe: eles têm a obrigação de responder ao cliente até 24 horas após a abertura do chamado e eu o fiz às 18h30, mas, o que são quatro horas de diferença na minha vida, não é mesmo?). No dia 9/6, encafifada e sem nenhuma resposta da operadora, resolvi entrar na Internet pra consultar o histórico do meu chamado. E,para minha surpresa, o chamado tinha sido ENCERRADO POR PROCEDIMENTO INTERNO. Peraí gente… eu pedi para encerrar o serviço, abri um chamado para isso, NÃO FUI ATENDIDA e vocês NEM ME AVISARAM DO ENCERRAMENTO DO CHAMADO? Liguei de novo no 1052 e, para minha surpresa, a atendente me disse exatamente a mesma coisa que eu já tinha visto no chamado na Internet e não sabia de nada mais. Abri de novo uma solicitação de encerramento e me disseram que tinham 5 dias úteis para me retornar com a resposta do causo.  Ahá, dia 16/6, vencido o prazo e NINGUÉM TINHA RESPOSTA DE PORRA NENHUMA! Respirei fundo e pensei no que fazer. É, vou no Procon, mas antes, vou tentar uma outra vez. Semana que vem ligo lá.

 

Dia 17/6 cheguei em casa e para a minha surpresa tinha UMA FATURA DA CLARO ME ESPERANDO. Ah, que legal, eles cobraram o mês inteiro né filhos da puta? Não, tinham cobrado R$ 4 a menos do que era o valor do meu plano. Aí eu liguei lá com sangue nos óio. Perguntei a razão da cobrança, eles disseram que era o valor cobrado até 31/5 eu disse que na fatura estava escrito até 8/6 e que eu não tinha usado o plano integral e eles responderam que esse era o padrão de impressão da fatura e que o valor cobrado era só até a data de solicitação. Pedi novamente o encerramento da conta, contei todas as histórias e disse que se eu iria ao Procon. AI GENTE, TUDO MUDOU DE FIGURA, TUDO MESMO! A menina que me atendeu me passou para o gerente dela, o cara disse que eu não precisava ir ao Procon porque ele ia abrir um chamado especial (da gerencia) para o meu caso e que em 48h estaria tudo resolvido, pediu para eu me acalmar, pediu desculpas, falou que tudo ia se resolver e nossa… nem parecia que eu estava falando com a mesma empresa que estava me enrolando a quase um mês e que tinha me prestado um servicinho de merda por tanto tempo… Eu disse que todo o stress pelo qual eu tinha passado valia sim um Procon e aí ele tentou me convencer do contrário, mas fui irredutível. Ele me passou um novo número de chamado e disse que em 48 horas no máximo alguém ia entrar em contato comigo para falar sobre o encerramento. Eu resolvi esperar. Enquanto isso, paguei a merda do boleto né? Queria me ver livre!

 

Dia 20 (ou 21/5, não lembro de tudo!) às 9h da manhã meu celular toca. Eu estava indo para uma reunião e não deu para atender. Mas a pessoa era insistente e depois de 6 tentativas seguidas do mesmo número eu atendi (parecia urgente). Era uma garota da Claro, dizendo que o encerramento da minha conta tinha sido feito com sucesso, pediu para eu anotar um número de chamado e perguntou se ela podia me ajudar em mais alguma coisa. Ufa!

 

Acho que a história acabou por aqui. Claro, não me surpreenda porque eu ainda não fui ao Procon, mas posso ir viu?

 

Eu tive um celular Claro há muito tempo atrás. Aliás, foi o meu primeiro número. Eu era pré-pago e nunca tive problemas. Mas sério, depois de todo esse perrengue, prometi para mim mesma que nunca mais vou adquirir nenhum produto com a marca Claro. Desencantei e é por isso que eu não recomendo para ninguém.

 

Fim!

Rakky Não Recomenda: atendimento e serviços 3G da Claro (Parte II)

Essa história começa aqui.

O boleto do mês de abril veio com o valor calculado de acordo com os dias de uso. Já que a conta fechava no dia 7, o cálculo veio mínimo. Beleza. Para o mês de maio, em que eu teria teoricamente utilizado o serviço do mês todo (também não consegui usar até o fim do mês) já não foi bem assim. A conta, que chegou dia 17/5, descrevia entre os serviços usados, além do meu plano comum, a cobrança de “Serviços Adicionais” que eu não tinha contratado. Fiquei puta, primeiro tentando entender de onde vinha a porcaria do valor extra, depois, constatando que não vinha de lugar nenhum e que aqueles lazarentos estavam tentando me ferrar. Enfim, o valor da fatura era exatamente o dobro do valor do meu plano. Pacientemente, liguei para o 1052 e depois de 55 LONGOS MINUTOS DE ESPERA, angústia, mil explicações para a telefonista, uma busca insana no cadastro e um pouco de perda da minha santa paciência, consegui fazer eles retificarem o valor. Me prometeram mandar a fatura com o valor certo. Chegou a data do vencimento (25/5) e nada. Liguei lá e depois de 25 minutos, consegui falar com uma pessoa que me mandou a fatura por e-mail. Três vezes. Fiz o pagamento no dia seguinte.

Pensei… poxa, estou a apenas dois meses me relacionando com essa droga de empresa e, além de não ter um serviço que preste (internet limitada NÃO PRESTA!), contar com a conexão do meu celular, que por vezes era mais rápida que a de casa e ainda ter a galera tentando me enganar na conta? Porque eu vou continuar usando essa droga? Cansada de sofrer, resolvi dar um basta na situação e cancelar o serviço. ah, meus amigos… foi aqui que eu realmente conheci o que era sofrimento!

No dia 31/5 decidi parar de usar a internet, liguei no 1052 para cancelar o serviço e, para minha surpresa, fui informada por um atendente que teria que pagar uma multa contratual de R$ 400, mas que, como eu já tinha usado o serviço por dois meses, a multa seria reduzida para R$ 354,60 (ajudou pra caramba aê, hein?). Mas meu amigo, meu contrato não menciona nenhuma multa contratual. Aí o moço me disse que ia me transferir para uma área que ia ANALISAR O ÁUDIO DA VENDA DO PRODUTO para confirmar que eu não tinha conhecimento da multa. Eu tentei explicar pra ele que comprei pela internet e que só liguei algumas vezes para verificar o prazo da entrega, mas foi inútil. Aí eu passei rápidos CINQUENTA E CINCO MINUTOS ouvindo uma musiquinha irritante e um robô repetindo, minuto a minuto “Aguarde mais um instante para ser atendido”. Aquilo foi demais. Quando finalmente consegui falar com alguma alma caridosa do outro lado da linha me disseram que HAVIAM ME TRANSFERIDO PARA A ÁREA ERRADA E QUE JÁ IAM ME MANDAR PARA A ÁREA CORRETA. Minutos mais tarde, consigo falar com uma atendente. Louca de raiva (e acho, com razão) tentei explicar minha situação pra moça. Ela disse que era melhor eu ir a uma loja da Claro para fazer o encerramento por lá, já que se eu não fizesse isso ia ficar pra sempre naquele “diz que me diz que” de “o meu contrato não menciona a taxa” e “o contrato menciona sim”. Sem paciência para mais nada, deixei para ir na loja da Claro mais próxima na semana seguinte.

(pois é amiguinhos, ainda não acabou! Continua na próxima!) 

Rakky Não Recomenda: atendimento e serviços 3G da Claro (Parte I)

Caro leitor, não se assuste com o título deste post. Eu nunca postei nada por aqui falando bem ou mal de nenhuma empresa (ao menos não até hoje), mas não consegui me segurar depois de tudo o que me aconteceu. É meu direito de consumidora protestar contra o atendimento que não é prestado com qualidade e nessas linhas quero deixar registrada a minha insatisfação, bem como não recomendar em hipótese alguma os serviços da Claro a vocês, cinco ou seis amigos queridos que sempre passam por esse blog. Mas, vamos à minha história: No dia 2/3, vi uma oferta no Groupon que dizia mais ou menos assim: “Compartilhe sua Internet com quem você quiser – modem + roteador Claro 3G – Internet em Dobro – por apenas R$ 39,90. Eu, sem internet que estava, cresci os olhos na pechincha fui buscar mais informações sobre a oferta. E adquiri meu cupom Groupon para ter direito àquela vantagem. A merda toda já começou aí. Eu só podia resgatar o meu cupom no site da Claro em 4/3. A partir daí a empresa tinha 10 dias úteis para processar o meu pedido. Depois de processado, eles precisavam confirmar o pagamento e após isso tinham mais 20 dias úteis para realizar a entrega. Ou seja: fui receber meu modem + roteador quase de presente de aniversário, no dia 8/4, depois de reclamar que o prazo havia vencido e eles não tinham me mandado a entrega ainda.

Beleza, modem e roteador na mão, é só instalar e só alegria. Não, caros amigos. A caixa veio com um manual, um guia rápido e uma garantia do roteador e nenhuma informação sobre o modem. Um outro detalhe que fará mais sentido quando você já estiver na metade da história é que o kit continha um contrato de plano pré-pago, com algumas condições que condiziam com o serviço para os chips instalados em celulares e não falava absolutamente nada da Internet 3G (sim, eu leio contratos de prestação de serviços e não me acho idiota por isso!). Como eu tenho conhecimentos básicos de informática, consegui instalar, não sem algum sacrifício. Aí, estamos minha roomie e eu usando a internet que é uma beleza, com um plano de 6Gb quando, no dia 20/4, exatos 12 dias após o início do uso do serviço aparece uma mensagem na minha tela, dizendo que eu TINHA USADO TODO O LIMITE DE 6GBS. Peraí amigos: não baixei nenhum programa ou material que tivesse mais que 1Gb (aliás, o que baixava era bem menos), o meu uso da internet foi extremamente razoável, a minha roomie também não usou muito… EU QUERO UM RELATÓRIO DE TRÁFEGO QUE MOSTRE ONDE E QUANDO EU UTILIZEI TUDO ISSO! Liguei no 1052, abri chamado no site, tentei ter algum direcionamento pelo Twitter da empresa, fui a umas 3 lojas da Claro e NINGUÉM conseguia me esclarecer como é feito o cálculo de tráfego para a Internet 3G da Claro. Depois de tanto correr, me conformei com o gráfico do site deles que mostra quanto do serviço já consumi, mesmo sabendo que não dá pra confiar muito, já que aparece apenas uma régua vermelha dizendo que você já usou tudo aquilo do seu limite, sem que você tenha nenhuma possibilidade de conferir. Fiquei do dia 22/4 até o dia 7/5 sem internet em casa, pagando pelo serviço, porque ninguém me atendeu direito. Mas tudo bem, sou uma idiota mesmo uma consumidora pacifica, me conformei.

(continua nos próximos capítulos)

O que é que tem A Banda Mais Bonita da Cidade?

Demorei, mas não aguentei. Você sem dúvida já viu por aí o clipe abaixo:

Pois é, a banda que é formada não só por Curitibanos ia gravar o videozinho aí para o Natal, mas não deu certo. Gostam de fazer coisas bonitinhas e resolveram tentar, tempos depois, pra ver no que ia dar. Acharam uma casa super antiga, juntaram uma galera, gravaram e distribuíram a peça no Facebook, entre a turma que participou da gravação. Foi só isso, mas o Brasil inteiro começou a repassar o link dos garotos que ganharam mais de 2 milhões de visualizações. Ok, o clipe é uma gracinha, a construção e repetição da letra com o encaixe das sonoridades mais intensas é muito legal, mas, acabou? Não! Tem muito mais por aí…

Como eu não tenho mais o que fazer da minha vida sou uma menina muito curiosa corri atrás. E achei. A banda de Curitiba não tem nenhum curitibano e só se formou na cidade porque parte dos integrantes se formou em Música na UFPR, regravam canções de amigos com ritmos e estruturas musicais diferentes, gravaram Oração e mais outros dois clipes no mesmo dia e estão muito felizes com o sucesso repentino.E têm mais músicas legais, até mais legais que Oração.

Nunca é uma delas. Tem uma letra bonitinha e uma harmonia bem estruturada, fala de um amor bonito e simples, com toda aquela dependência que se tem de quem se ama. Veja o clipezinho:

Gosto também de Mercadorama, Aos Garotos de Aluguel e Canção pra Não Voltar. Mas não dá, a minha favorita é Submundo Autofágico. Não achei uma versão com eles cantando, só o áudio, por isso vou postar a versão da banda que provavelmente compôs a música: “Lívia e Os Piá de Prédio”, curitibanos e provavelmente amigos d´A Banda Mais Bonita:

Enfim, A Banda Mais Bonita da Cidade pode ser uma boa pra se ouvir, pela competência musical dos cinco integrantes, pelas coisas bonitinhas que eles cantam e fazem, porque eles são bonitos ou, no mínimo, porque eles vão te fazer conhecer várias outras bandas.

Avisos aos queridos leitores e seguidores…

Pessoas queridas do meu coração de melão!

Estou atualizando os marcadores e tags desse blog pra tornar essa bagaça mais organizadamente palatável. Por isso, você que tem o RSS do blog ou me segue no seu blog vai visualizar um trilhão de atualizações do “Blog da Rakky” ao mesmo tempo. Não se assuste se isso acontecer, só tô arrumando a casa, ok?

PS 1: nenhum texto será alterado. Só vou ficar com remorso por reler essas coisas e ver tantos erros do passado.

PS 2: posso voltar mais sentimental.

PS 3: ou menos.